31 de dezembro de 2010

E com os votos de um 2011 pleno e cheio do que desse lado se deseja, dou por encerrada, ou, pelo menos suspendida, esta minha actividade de blogger.
A todos os que me acompanharam estes anos, um grande abraço. Vou continuar a espreitar os vossos blogs de vez em quando, a viver um bocadinho das vossas vidas... mas partilhar a minha é já algo difícil...

Uma vez mais, um grande abraço a todos.

Até sempre.

27 de setembro de 2010

20 de setembro de 2010

Hoje sinto-me embalado... ainda que sem razões para isso! E, sem saber bem porquê, esta música saiu-me dos lábios e do peito hoje...

29 de julho de 2010

Santiago


Por enquanto vai indo mais ou menos assim...

8 de julho de 2010

setp by step

Step by step é como vai indo a minha vida...
Daqui a pouco mais de duas semanas estarei a chegar a Santiago de Compostela para duas semanas de vida académica! Ganhei uma bolsa de estudo para professores de ELE no estrangeiro. Serão, assim o espero, duas semanas de trabalho intenso, muita aprendizagem, muita troca de conhecimentos e experiências. Estarão reunidos 30 professores de espanhol de todo o mundo, com tempo para trabalhar e tempo para divertir, comer unas tapas, beber unas cañas y bailar toda la noche!
Depois é voltar a Portugal, gozar as três semaninhas de férias que me restam, esperar que a CPL me aceite um ano mais e voltar a estudar. Inscrevi-me esta semana num mestrado e vamos lá ver como corre. Ainda não é a área sobre a qual me quero debruçar a nível científico, é sim uma necessidade profissional e um caminho mais a percorrer, é, digamos, um arar de terra para me preparar para o que realmente quero fazer. E porque não, uma oportunidade de descobrir novos caminhos.

Já agora um pedido. Preciso de um destino de férias para a última semana de Agosto, acho que, depois do ano que tive, bem que mereço! Alguém sugere alguma coisita barata e divertida?

E aqui está... Step by step

25 de junho de 2010

Meio ano depois...

Volto a este espaço, meio ano depois, com tanto que contar e com tão pouco para dizer. Faltam-me as palavras, como me têm faltado ao longo destes meses. A minha vida tem viajado de turbilhão em marasmo sem que a consiga conduzir, a pulso ou timão, sem leme ou vento que empurre velas recolhidas.
Está a chegar ao fim mais um ano lectivo, tenho alimentado algumas esperanças de ficar outra vez na mesma escola. Comecei agora a ver alguns frutos a nascer e gostava de os poder colher mais tarde. Sinto-me feliz porque o meu trabalho é reconhecido e porque me manifestam este reconhecimento. O que eu, há oito meses atrás julgava ser um grande desafio, veio a revelar-se algo quase impossível de suportar ao longo destes meses, mas foram todos aqueles miúdos que me fizeram crescer ainda mais...
Fora da escola, e ainda a nível profissional, alcancei mais algumas metas que significaram um mundo para mim. Consegui a publicação do meu primeiro estudo científico sobre a didáctica de língua estrangeira, fiz uma apresentação num encontro internacional de professores de ELE que foi um sucesso e até consegui uma proposta de trabalho em Madrid. Conheci gente fantástica, neste campo, com quem tenho aprendido imenso.
No campo pessoal a coisa não anda tão bem. Claro que um lado não se dissocia do outro e se a escola me tem consumido tanto, menos de mim sobra para mim e para quem me rodeia. Estou tão feliz como estava há meio ano atrás... o problema é que esperava estar mais. Estou mais despreocupado, o que não é necessariamente um bom sinal, alias, quem me conhece sabe que,se não me preocupa é porque deixa de ter importância que me mova.
Mais uma vez, cumpri mais um sonho. Itália, que estava à minha espera desde que me entendo por gente, já faz parte de mim. Fiquei com uma imensa vontade de voltar, não a Roma que não me encantou por aí além, mas a conhecer mais. o que me encantou verdadeiramente foi Veneza... Eternamente Veneza. Se pudesse escolher um sítio para morrer... Não, não seria Veneza, mas em Veneza também morreria feliz.
...Foi a 9 de Abril que nos despedimos e foi neste dia que os meus olhos ganharam a vida que tinham perdido havia já três anos... e foram segundos depois que os meus olhos voltaram a morrer...
Deixo-vos um abraço pleno de alegria e um momento, talvez de presságio...


16 de janeiro de 2010

Una rosa es una rosa

--

Quem se lembra desta? (olhem no que dá ouvir rádios espanholas on-line)


15 de janeiro de 2010

Quero dicas!

--

Na Páscoa vou para Roma e Veneza! Preciso urgentemente de conselhos úteis de que já conheça, do género rede de transportes, hotéis, ligações da cidade para o aeroporto...


Pulizzzze!, tou um bocado a leste do paraíso!

8 de janeiro de 2010

--
Eu sei, é de mau gosto, mas não resisto!

see more Epic Fails

6 de janeiro de 2010

Felices Reyes

--


Todavía en tiempo para desear a todos Felices Reyes!

4 de janeiro de 2010

Bom 2010


--



É assim que vos desejo bom ano! Com um um beijo meio embriagado e sorriso madrileno a contar os segundos para o novo ano, esperando que para vós e para mim seja um todo em tudo!